UMA VITÓRIA POR DIA

Archive for maio 2012

 

Sou do tempo em que se brincava na rua, de pega-pega, esconder, polícia e ladrão, alerta, queimada e casinha. Brinquei de boneca até os 15 anos e chorei quando a minha mãe disse que eu não tinha mais idade pra brincar.
Como assim? Queria ser eternamente criança. Brincar pra sempre. Achava os adultos tão chatos e sem graça, cheio de coisas insuportáveis pra fazer, contas bestas pra pagar.


Depois, aos 16, minha tia Vera Franco ganhou muitos cabelos brancos quando eu queria chegar em casa às 5 da manhã, com a Juliana Ju e a Alessandra Cristina , depois de curtir a baladinha na Zoom, a danceteria mais famosa da ZN no comecinho dos anos 90.
Mais tarde, aos 18, briguei em casa porque não queria mais estudar.

Queria trabalhar, viajar e conhecer tudo. E fui. E voltei. E fui e voltei diversas vezes, sei lá quantas.
Curti festa, curti bode, curti ressaca, curti amigos… curti coisa pra caramba.
Cresci, amadureci, dei com a cara no muro algumas vezes, aprendi,voltei a estudar, fiz escolhas, fiz renúncias e cheguei aqui, em 2012, com 37 anos, bons amigos, um amor e várias histórias.

E hoje, diante da minha necessaire de esmaltes, noto que durante cinco anos, só curti esmaltes vermelhos, mas que de um mês pra cá, não os tenho usado. Parece que algo não está combinando nessa parceria.
Será mais uma fase que passou?

Não se iluda… Tudo tem seu começo, meio e fim. Aquilo que hoje, tem tanta importância, amanhã poderá ter menos, ou pode se modificar. Isso é pra tudo nessa vida.
Quem nunca ouviu uma música trezentas vezes por dia durante um mês todo e depois pegou nojinho. Quantas coisas você fazia todos os dias e ultimamente anda sem paciencia até pra pensar sobre isso?
Eu mesma ando com nojo de Fandangos, sabe? Estou preferindo Baconzitos.

No amor, o começo é fogo, é paixão avassaladora. Depois vem a calmaria, a certeza e a segurança. Mas seja inteligente. Saiba perceber as mudanças e faça suas adaptações, sem jamais perder a ternura, a doçura e demostrar carinho. Serei uma velha rabugenta pegando no pé de um velho mais rabugento ainda. E feliz da vida por conta de tudo, tudo isso.

Tudo é começo, meio e fim, até nós.

 


UM POUCO DE BEM E UM POUCO DE MAL. É SÓ MISTURAR COM ÁGUA.

Trabalho com comunicação há cerca de 10 anos.
.:.
RADIALISTA - Locutora profissional em espera telefônica, URA, spot comercial, corporativo, documentário, video-aula, áudio book, varejo, cerimonial e locução infantil.
.:.
PUBLICITÁRIA - Redação, desenvolvimento e criação de campanhas, comerciais, slogans e jingles.
.:.
EAD - Coordenadora de produção de material didático para Ensino a Distância
.:.
CONTATO
deborapodda@gmail.com
(11)95823-9013
.:.
*moro em São Paulo
*tenho duas filhas de 4 patas
*adoro cozinhar e comer
*palmeirense
*tenho transtorno compulsivo depressivo, em tratamento

ESSE BLOG serve como uma terapia para exteriorizar meus pensamentos, perceber minhas necessidades de mudança, avaliar meus erros e acertos, virtudes e defeitos.
Aqui tem minhas tristezas e alegrias. Meus sonhos, planos e conquistas.
Tem me ajudado! Espero que ajude você a também ter uma vitória por dia.
Um beijo.

Instagram

Minhas fofuras Brinquedo coletivo O brinco maravilhoso que a @kzonzini me deu