UMA VITÓRIA POR DIA

A volta dos que não foram

Posted on: 03/06/2016

Pessoal, olha quem voltou. Quem nunca foi embora!! Sim, aconteceu muita coisa na vida nesse intervalo de um ano e meio sem escrever. Vou dar uma resumidona.

Sai daquele emprego que me consumia a paz e a tranquilidade, mas fui demitida, tive que brigar na justiça pra ganhar meu dinheiro, o que deu certo e ponto final. Isso foi em janeiro de 2015
Comecei a cozinhar em casa, fazendo conservas, antepastos, patês e pães recheados e vender para amigos, conhecidos e em feiras e exposições, abri uma MEI chamada Amor em Conserva.

amor 2

Trabalhei mais ou menos uns 6 meses, ganhei um dinheirinho legal, mas era muito puxado. Eu saia pra comprar as coisas, e como não dirigia, tinha que ir de carrinho de e sacola e voltar de ônibus. Ir buscar vidros no centro da cidade, que também são pesados e voltar de ônibus. Depois todo o trabalho de lavar, esterilizar os utensílios, vidros, alimentos, cozinhar, envazar, rotular e ir vender.

Com isso tive um problema no cóxis. Ele saiu do lugar e inflamou o que me acarretava dores terríveis. Não tinha como sentar, deitar.Foram meses de dor, até que não aguentei mais e larguei o esquema de cozinhar.

 

Conheça aqui a Amor em Conserva

Alguns meses depois o cóxis melhorou, fiquei trabalhando em casa,  e adotei duas gatinhas.

Surubinha, a gata preta da sorte

suru1

Encontrei a Surubinha abandonada na garagem de uma casa dessas alugadas para partido político, no dia 12/06/15.
A casa estava vazia e a gatinha gritava tão alto que escutei sua agonia antes de chegar no quarteirão. Tentei em vão fazer com que ela viesse perto de mim.
Fui encontrar o Roberto no Shake e voltamos pra onde ela estava, para tentar resgatar. Alguns vizinhos disseram que ela estava miando desde
as 4 da manhã e já eram 23:00.
Tentamos, chamamos, jogamos comida e nada, até que o Roberto colocou no celular,o barulho de miado de gato e ela veio. Levamos direto para um pet 24 horas para comprar tudo o que ela precisava. Cheguei em casa, dei banho anti-pulgas, passei remédio, dei comida e água.
O intuito não era ficar com ela, já que a Chérie é muito ciumenta, mas com o passar do tempo, todas se acostumaram e vivem bem juntas.
Hoje essa gata é o xodó de casa. As cachorras brincam com ela o tempo todo. Dormem todas juntas. Comem juntas, cada um no seu potinho.
Ah, que bom foi descobrir o quanto é legal ter um gato.

suru2

 

 

 

 

 

 

 

Depois, veio a Nina, em 2016

Nina – A Siamesa

nina 1

Essa gatinha foi abandonada por um morador do condomínio onde eu moro. Ele se mudou e a largou no estacionamento, sozinha, passando por chuva, sol intenso, frio, fome e a tristeza do abandono.
Ela passou a viver em baixo dos carros e recebendo alimento de alguns moradores de bom coração.
A conheci em fevereiro de 2016 quando aceitei ajudar com a alimentação diária e percebi que ela estava grávida.
Fiquei muito receosa em pensar que ela teria os filhotes em situação de rua.
Então no dia 27/02 a resgatei.
Tive a ajuda de duas amigas, a Cilene e a Talita, super engajadas na causa dos animais, que a levaram no veterinário, compraram ração especial para que ficasse forte, e ela ficou comigo uma semana antes do parto.
nina 2Os filhotes nasceram dia 02/03 as 6:00. Todos saudáveis. Fiquei com eles por 45 dias e todos foram doados para pessoas que eu conhecia e sabia que seriam bem tratados.
Depois que os gatinhos foram embora, ela foi castrada, vermifugada e vacinada.
A princípio, a Nina seria doada também, mas não teve jeito. Depois de tantos cuidados, tantos dias juntas, criamos o lacinho do amor e ela ficou.
No começo, a adaptação com a Surubinha foi complicada. Elas brigavam, se estranhavam e a Suru tinha medo dela, passou até a não comer mais.Acho que era ciumes. Mas com calma e carinho, passaram mais uns 20 dias e elas começaram a se entender.
Agora tudo está em ordem. As duas brincam juntas e brincam também com as cachorras.
Agradeço as amigas Talita Vieira e Cilene Bolzachini por toda a ajuda, todos os amigos gateiros que deram dicas incríveis, as veterinárias Alessandra Cristina Silva e Lívia Lima pelos cuidados.
nina 3E agradeço especialmente ao meu marido Roberto Terremoto por permitir e apoiar mais essa adoção e me ajudar em tudo.
Ela está cada dia mais carinhosa, menos medrosa e mais linda, vivendo como todo bichinho deve viver, recebendo carinho, amor e tudo de bom.

Depois disso, em Abril fizemos a viagem que planejávamos a mais de 3 anos.
Foi incrível!!!

 

Abril de 2016 – Las Vegas – Rockabilly Weekend

Foram 10 dias mágicos, vendo coisas que sempre quisemos ver, que gostávamos e foi difícil acreditar que estávamos realmente ali. Tudo lindo, as avenidas, os hotéis, os shows, os eventos, vale a pena cada segundo, cada centavo

Quando voltei, comecei a trabalhar em uma produtora musical e é isso, a vida seguindo seu rumo, com seus dias e todas as suas diferenças.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

UM POUCO DE BEM E UM POUCO DE MAL. É SÓ MISTURAR COM ÁGUA.

Trabalho com comunicação há cerca de 10 anos.
.:.
RADIALISTA - Locutora profissional em espera telefônica, URA, spot comercial, corporativo, documentário, video-aula, áudio book, varejo, cerimonial e locução infantil.
.:.
PUBLICITÁRIA - Redação, desenvolvimento e criação de campanhas, comerciais, slogans e jingles.
.:.
EAD - Coordenadora de produção de material didático para Ensino a Distância
.:.
CONTATO
deborapodda@gmail.com
(11)95823-9013
.:.
*moro em São Paulo
*tenho duas filhas de 4 patas
*adoro cozinhar e comer
*palmeirense
*tenho transtorno compulsivo depressivo, em tratamento

ESSE BLOG serve como uma terapia para exteriorizar meus pensamentos, perceber minhas necessidades de mudança, avaliar meus erros e acertos, virtudes e defeitos.
Aqui tem minhas tristezas e alegrias. Meus sonhos, planos e conquistas.
Tem me ajudado! Espero que ajude você a também ter uma vitória por dia.
Um beijo.

Instagram

Minhas fofuras Brinquedo coletivo O brinco maravilhoso que a @kzonzini me deu
%d blogueiros gostam disto: